Quinzena extra de IOF zero deve reaquecer mercado de crédito, antevê diretor da ABRAFESC

Anunciada no início da noite de ontem (11/12) em edição extra do Diário Oficial da União, a decisão do governo de retomar a isenção de IOF nas operações de crédito realizadas até o final deste mês – já que a captação de R$ 80 milhões para o apagão do Amapá foi bem-sucedida – tem tudo para destravar negócios não só no fomento comercial, como também em todo o setor financeiro.

Quem fez esta previsão na manhã deste sábado foi o diretor da ABRAFESC –  Associação Brasileira de Factoring, Securitização e Empresas Simples de Crédito, Renato Coelho dos Santos (Go.Credit).  “Boa oportunidade para reativar operações do nosso mercado que estavam reprimidas, frente ao receio dos tomadores de ter sua dívida onerada, sem uma possível prorrogação do benefício, como felizmente ocorreu ontem”, comemora o empresário.

Dirigente da Go.Credit, uma das primeiras integrantes de parceria firmada entre a ABRAFESC e a BMP Money Plus envolvendo capital de giro com ou sem garantia; recebíveis de cartões de crédito e duplicatas, ele teve seu ponto de vista endossado pelo presidente do SINFAC-SP e da ABRAFESC, Hamilton de Brito Junior (Credere Consultoria e Fomento Comercial).

De acordo com o líder setorial, a medida sinaliza a clara intenção do governo de manter sua credibilidade em alta, ao retomar um benefício fiscal expressivo, tão logo os recursos desejados entraram no tesouro.

“Uma possível nova etapa do PRONAMPE ou do BNDES FGI nas duas últimas semanas de 2020, por exemplo, tem tudo para registrar procura elevada, frente ao alento dado pela nova determinação do Planalto”, comenta.

O mesmo se aplica, segundo Brito Junior, ao recém-criado “PEAC Maquininhas”, que permite aos MEI – Microempreendedores Individuais e EP – Empresas de Pequeno Porte contratar até R$ 50 mil, oferecendo em garantia suas próprias vendas com cartões a serem recebidas, e que vinha registrando uma adesão aquém da esperada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.