Solidariedade: Cebrasse adere a ação social visando auxílio a 600 mil pessoas

Uma população superior à grande maioria das cidades brasileiras deve se beneficiar duplamente com a entrada da Central Brasileira do Setor de Serviços (CEBRASSE) no trabalho que a Central Única das Favelas (CUFA) e o grupo de voluntários Vamos Fazer Juntos desenvolvem já há cerca de dois anos, junto a 30 comunidades carentes na região de Pedreira, zona sul da capital paulista.

Além de continuar participando de atividades como a do último sábado (3/10), quando foram arrecadadas 150 cestas básicas, brinquedos e cartelas de ovos para 350 famílias locais, os associados à Cebrasse foram convidados pelo presidente João Diniz a enriquecer esta atuação social com a abertura de oportunidades de trabalho para os jovens entre 14 e 24 anos, dentro dos programas oficiais destinados a menores e aprendizes.

“Vamos, inicialmente, atrai-los por meio de cursos e treinamentos visando a futura empregabilidade, e assim, tirá-los aos poucos da vulnerabilidade que todos sabemos ser pródiga em incentivar condutas ilícitas”, afirma o dirigente, ao frisar que o grande objetivo em mira é mudar para sempre a vida dessas pessoas.

A ideia foi muito bem recebida pelos mentores da campanha, e já ficou agendada para esta quarta-feira (7/10) a primeira reunião com a CEBRASSE para a definição dos próximos passos neste sentido.

 

CORRENTE DO BEM

 

Entusiasmada com os resultados do último sábado – quando se arrecadou mais que o dobro dos donativos inicialmente previstos – Lilia Oliveira, uma das mentoras do “Vamos Fazer Juntos”, está confiante no futuro da iniciativa.

“O que recebemos aqui ontem já garantiu uma próxima leva de famílias atendidas, e com a perspectiva aberta pela CEBRASSE no campo da profissionalização, resultados a longo prazo também hão de surgir”, prevê a empresária.

Segundo ela, essa verdadeira corrente do bem começou em agosto, quando SISPRAG e ASPRAG, sindicato e associação – respectivamente – representantes do setor de controle de pragas urbanas, participaram de campanha semelhante, valendo-se para isso da receita obtida com um curso oferecido com preço promocional aos seus associados.

“Na entrega, vimos um pessoal muito dedicado e organizado”, recorda o presidente do SISPRAG, Antônio Marco França Oliveira, ao explicar como se apaixonou pela causa.

Seu colega, da ASPRAG, também confessa a grande realização pessoal proporcionada pelo fato de ajudar pessoas que tanto precisam, e num momento tão crítico como o atual.

Para ambos, a pronta adesão da CEBRASSE foi fundamental para o sucesso do dia 3 de outubro, que agora tem tudo para se repetir e receber um forte viés no campo do emprego.

Sensação semelhante teve o presidente do SINFAC-SP, sindicato que representa o fomento comercial no Estado de São Paulo. “Nos orgulha muito participar desta ação social, a CEBRASSE está de parabéns pela iniciativa e o sucesso do evento”, acrescenta Hamilton de Brito Junior, para quem a máxima de que “juntos somos sempre mais fortes” novamente tem tudo para prevalecer.

Por Wagner Fonseca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.